TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Extraído do blogue
http://www.ciromota.net/2007/07/pseudo-tecnico/
Pseudo Técnico

O “Pseudo Técnico” em informática:

Lê meia dúzia de revistas compradas em bancas de jornal, tem algumas “aulas” com um vizinho que é craque em montar e desmontar computadores, faz alguns cursos rápidos de hardware, formata máquinas dos vizinhos e amigos, trabalha há muitos anos na profissão, mas nunca aprendeu que formatar máquina é coisa de leigo (na grande maioria dos casos), não reserva pelo menos uma hora diariamente para acompanhar as novidades e aprender algo de novo.

Então, se você encaixa nesse padrão acima, realmente você se acha um Técnico em Informática?

Para ser Técnico em Informática, como em qualquer outra profissão, é preciso se dedicar e estudar bastante. Infelizmente essa área não tem nenhuma clássificação que possa distinguir quem realmente tem condições de atuar ou não na profissão.

Se qualquer pessoa que não entende absolutamente nada de informática tiver aulas durante apenas um mês, essa pessoa já tem plena condição de montar e desmontar computadores, e ainda corrigir problemas básicos. Então você acha que ser técnico é apenas isso?

Muitos “técnicos” falam em alto e bom som: “Tenho mais de X anos de profissão”, mas o que impressiona, é que se você fizer perguntas simples como:

O que é um vírus de computador?
Qual o melhor antivírus?
O que é um RootKit?
O que seria NAT?
Quais as funções de um capacitor, resistor e um CI?
Qual a função de uma API do windows?

Garanto que 99% dos “pseudo técnicos” não responderiam nem 50% dessas questões, relativamente simples.

Bem, na minha concepção, ser técnico é, além de estudar e se dedicar muito, dominar inúmeras áreas ao mesmo tempo. Citarei algumas dessas áreas, bem como as suas prioridades:

Hardware (Avançado)
Inglês (Técnico)
Redes (Avançado)
Remoção de Malwares sem formatação (Avançado)
Eletro Eletrônica (Intermediário)
Programação (Básico)
Windows (Avançado)
Linux (Básico)

Apenas citei alguns exemplos, que são primordiais para você ser um bom técnico.

Não quero criar nenhuma polemica ou discussão em cima disso, mas antes de entregar o seu computador a um técnico, seria interessante pelo menos verificar se a pessoa tem um curso técnico especializado nessa área.

Agora se o seu computador não tem muita importância para você, então leve para o seu vizinho que é craque em formatação.

Anúncios

2 Respostas

  1. Gostei muito do seu conteúdo, acabei de falar disso para um amigo e olha o que encontrei.

  2. perfeitas suas definições. os pseudotécnicos ainda atrapalham nossos serviçis, cobrando barato demais por formatações que as vezes nem é preciso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: