Eleição no Sintepp

Saiu o resultado da eleição Estadual no município de Santarém. Ainda não se conhece o resultado Total, mais aqui em nossa cidade os votos foram divididos da seguinte maneira:

Chapa 1:158
Chapa 2:44
Chapa 3:39

OFICINA NO BRIGADEIRO

Amanhã na escola brigadeiro o professor de informática educativa Carlos lages estar’ministrando uma oficina sobre desenho vetorial INKSCAPE para os alunos de 7ª e 8ª série.

Eleições No SINTEPP

Nas escolas Madre Imaculada e Moraes Sarmento está acontecendo a eleição estadual do Sintepp onde há a existência de três chapas:
Chapa 1 – Professora Isabel e Márcio Pinto
Chapa 2 – Professores Dilmo e Zenilda
Chapa 3 – Professora Edilane
A votação vai ocorrer até hoje às 21 horas.

Greve na SEDUC

Hoje às 16 horas na escola Madre Imaculada, vai acontecer uma nova assembléia do Sintepp sub sede de Santarémn. Onde se definirá os rumos da greve e possíveis deliberações. Esperamos que os professores participem e exerçam a sua cidadania frente ao governo fantasioso de Ana Júlia.

Projeto Mais Educação

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO R DIVERSIDADE
DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA
COORDENAÇÃO DE AÇOES EDUCACIONAIS COPLEMENTARES
1 – O programa Mais Educação foi instituído pela portaria Interministerial nº 17/2007 e integra as ações do plano de desenvolvimento da educação (PDE), como uma estratégia do governo federal para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular, na perspectiva da Educação Integral.

Essas ações correspondem aos ministérios da Educação (MEC), da cultura (MINC), do esporte, do meio ambiente, do desenvolvimento social e combate à fome, ciência e tecnologia, secretaria nacional da juventude e Assessoria Especial da Presidência da República.

O Programa Mais Educação atende, prioritariamente, escolas de baixo IDEB, situadas em capitais, regiões metropolitanas e territórios marcados por situações de vulnerabilidade social, que requerem a convergência prioritária de políticas públicas.

2- Como funciona o Programa Mais Educação?

As atividades fomentadas foram organizadas em macrocampos de:

1.Acompanhamento Pedagógico;
2.Meio ambiente;
3.Esporte e Lazer;
4.Direitos humanos em Educação;
5.Cultura e Artes;
6.Inclusão Digital;
7.Prevenção e Promoção da Saúde;
8.Educomunicação;
9.Educação Científica;
10.Educação Econômica e Cidadania

Todos esses macrocampos são detalhados de atividades que podem ser conferidas no seguinte endereço: ftp://ftp.fnde.gov.br/web/pdde/manual_pdde_2009_escola_integral.pdf

O projeto ainda não tem data pra iniciar. Mas a equipe está realizando reuniões.
Mais informações procure a professora Telma Elita na escola Brigadeiro fone 91254429

REVOLUÇÃO DIGITAL

POR CLUBEDOHACKER.COM.BR
A revolução digital na Justiça brasileira tem data marcada. No próximo dia 8 de junho, ocorre a primeira distribuição de processos eletrônicos no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O portal do Tribunal na internet passa a oferecer uma sala denominada e-STJ, onde estarão disponíveis ferramentas para peticionamento eletrônico e visualização digital dos processos. A evolução representa maior velocidade e maior segurança na tramitação dos processos eletrônicos, vantagem para o cidadão e para o advogado.

O portal do STJ permitirá que os advogados com certificação digital consultem os processos a qualquer momento, em qualquer lugar do mundo, por meio da internet. O procedimento segue o que está estabelecido na Lei n. 11.419/2006, a lei do processo eletrônico. O acesso é franqueado ao advogado titular do processo. Os advogados poderão praticar os atos processuais em tempo real, durante as 24 horas do dia, uma vantagem, já que não precisarão se limitar ao horário de funcionamento do Tribunal.

Atualmente o advogado precisa vir ao Tribunal, levar o processo para analisar e voltar para devolver. Nesse período, por exemplo, o advogado da outra parte fica impedido de ter acesso aos autos. Com o processo eletrônico, o conteúdo poderá ser analisado ao mesmo tempo pelas partes e seus procuradores sem a necessidade de comparecer ao STJ. Para os advogados que não dispuserem de certificação eletrônica, o Tribunal disponibilizará meios para consulta em sua sede.

Em uma primeira fase, serão distribuídos recursos especiais e agravos de instrumento digitalizados, classes que somam 80% dos processos do STJ. O mesmo ocorrerá com os processos da competência do presidente do STJ – suspensão de segurança, suspensão de liminar e de sentença e reclamação.

A expectativa é eliminar os processos em papel até o final de 2009. Com a digitalização, o presidente do STJ, ministro Cesar Asfor Rocha, estima que 300 mil processos sejam devolvidos aos tribunais de origem até o final do ano.

A certificação digital no padrão ICP-Brasilé oferecida por entidades certificadoras. Veja aqui como proceder para obter a certificação digital que lhe permitirá acessar os benefícios do processo eletrônico do STJ.

PROJETO DE INCENTIVO A CULTURA

MinC inscreve para Prêmio a Pequenos Eventos Culturais até 30 de maio

Por Luiz Sammartano

O Ministério da Cultura (MinC), representado pela Secretaria de Programas e Projetos Culturais (SPPC), recebe, até 30 de maio, inscrições para o Prêmio de Apoio a Pequenos Eventos Culturais. Serão distribuídos 40 prêmios, divididos em três categorias, que somam um investimento de R$ 750 mil. Para se inscrever, o evento cultural dos proponentes deve ter orçamento inferior a R$ 50 mil e se realizar entre março e dezembro de 2009.

Na categoria Pontos de Cultura e/ou organizações não-governamentais sem fins lucrativos, dez projetos selecionados receberão o prêmio de R$ 10 mil, cinco de R$ 25 mil e outros cinco de R$ 50 mil cada. A segunda categoria é a dos agrupamentos sociais informais. Nela serão distribuídos dez prêmios de R$ 10 mil e três de R$ 25 mil cada. Na última categoria, destinada a pessoas físicas da área cultural que tenham um termo de parceria firmado com algum Ponto de Cultura, cinco projetos ganharão o prêmio de R$ 10 mil e outros dois, de R$ 25 mil cada.

Celebrar a diversidade
O objetivo do prêmio é incentivar a troca de saberes em seminários e oficinas, a celebração de festividades, mostras de poesia, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, circo, capoeira e música, além da viabilização de shows, feiras e exposições. A iniciativa busca fomentar a celebração da diversidade cultural brasileira como uma ação de política pública que promova, afirme e fortaleça a comunidade, seus saberes e as redes sociais que a compõem.

A comissão avaliadora, composta por especialistas do MinC e da sociedade civil na área cultural, observará, nas propostas, critérios como qualidade da programação cultural, interação entre os Pontos de Cultura e parceiro, característica inovadora do evento, regularidade do evento e parceiros e número do público-alvo.

A documentação exigida deverá ser enviada até o último dia da data de inscrição do prêmio para o seguinte endereço:

Setor Bancário Sul, Quadra 02, Lote 11, 1º andar – Edifício Elcy Meireles

CEP: 70.070-120 – Brasília -DF